Acidente com lancha em Itaparica deixa mortos.

R7

O Corpo de Bombeiros confirmou a morte de 18 pessoas no acidente com a lancha que virou enquanto saía do porto de Mar Grande, na Ilha de Itaparica, na manhã desta quinta-feira (24). Outros 17 corpos ainda estariam no mar. Entre as vítimas, está ao menos uma criança. Cerca de 80 pessoas foram resgatadas com vida.

Inicialmente, a companhia militar havia divulgado o número de 23 mortos, informação que foi revista por nota conjunta da Prefeitura de Vera Cruz e Capitania dos Portos.

Ainda não há detalhes sobre a causa do acidente marítimo, tampouco informações sobre a indentificação das vítimas. Sobreviventes da tragédia, porém, relatam que a embarcação foi atingida por uma onda de cerca de três metros.

Três navios da Marinha, três lanchas da Capitania dos Portos e um helicóptero do GRAER, da Polícia Militar, ajudam no resgate e na busca por mais sobreviventes. Autoridades da 5ª Companhia Independente de Polícia Milita da Ilha de Vera Cruz estão na região.

Os socorridos estão sendo encaminhados por equipes do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) até o HGE (Hospital Geral do Estado), o Hospital Geral de Itaparica e a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Ilha de Vera Cruz. Uma criança foi retirada às pressas de uma embarcação de resgate e levada à uma ambulância, mas não resistiu.

Um grupo cada vez maior de embarcações particulares também auxiliam no socorro aos envolvidos.

A embarcação “Cavalo Marinho” tinha capacidade para levar até 162 passageiros. O acidente ocorreu a 200 metros do Terminal marítimo. O chamado de emergência para a Capitania foi recebido através do rádio por volta das 8h. De acordo com a Prefeitura de Vera Cruz, a lancha saiu do terminal da Ilha por volta das 6h30 com destino a Salvador.

A avaliação da lancha será feita pela Marinha, que analisará a regularização da embarcação e se a mesma operava com número de passageiros acima do permitido. A Secretaria de Segurança Pública informou que um inquérito será aberto para que as causas do acidente sejam apuradas.

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), e o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), postaram notas de pesar em suas respectivas contas nas redes sociais. Costa decretou luto oficial de três dias no Estado.

Em nota, a empresa Vera Cruz Transportes Marítimo, afirmou que “se solidariza com as vítimas do acidente envolvendo uma embarcação da empresa CL Transportes Marítimos”. “A empresa ressalta que esteve junto aos órgãos competentes dando apoio ao resgate das vítimas e firma seu compromisso com os baianos em fazer a travessia Salvador/Mar Grande sempre com segurança, utilizando embarcações modernas e regularizadas”, diz o texto.