O presidente do Paraguai Mario Abdo Benítez manteve uma reunião de urgência com o ministro da saúde, Julio Mazzoleni, e com o senador Blas Llano, deputado Pedro Alliana, também com o presidente de Corte Suprema da Justiça, Alberto Martínez Simón.

O tema analisado durante o encontro foi a atual situação do coronavírus no Paraguai e quais medidas serão aplicadas para evitar sua propagação entre a população.

Em conferencia com a imprensa, o ministro da saúde anunciou que vão ser suspensos todos tipos de eventos públicos ou privados, praticas esportivas, reuniões religiosas e de caráter político, atividades em lugares fechados como cinemas, teatros e convenções.

Também estão suspensas as atividades educativas em todos os níveis, em instituições públicas e privadas por 15 dias.

“Não podemos descartar a circulação do vírus no pais, são medidas drásticas mas necessárias, para poder conter a propagação do COVID-19” afirmou o ministro.

A suspensão das atividades dispostas pelo governo Nacional terá vigência de caráter imediato.

Fonte: brasiguaionews